Palestras

Calendário de Eventos

Workshop: Planejamento para alcançar objetivos no Japão
Quinta-feira, 14 Setembro 2017,  2:00 -  4:00
Contato tel 32079014
Local R. São Joaquim, 381 - sala 11

Siga-nos no Facebook

 
 



Entidades

BUNKYO - Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social

ENKYO - Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo

KENREN - Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil

厚生労働省

Associação Kaigai Nikkeijin Kyokai

Consulado Geral do Japão em São Paulo

Últimas Notícias

INSS amplia a cobertura de previdência aos trabalhadores brasileiros que residem no exterior.

Os acordos internacionais de Previdência  permitem a contagem do tempo de contribuição dos trabalhadores aos sistemas de Previdência Social dos países para a obtenção de benefícios  previdenciários  como aposentadoria por idade, pensão por morte e aposentadoria por invalidez, além de evitar a bitributação em caso de deslocamento temporário.

O acordo previdenciário entre Brasil e Japão que entrou em vigor a partir de 1º de março de 2012, tem por objetivo a garantia dos direitos previdenciários aos trabalhadores brasileiros que estão no Japão e aos trabalhadores japoneses que se encontram em território brasileiro.

Existem outros acordos que se encontram em fase de negociação e aprovação, mas o Brasil já tem os seguintes acordos bilaterais em vigência: Alemanha, Bélgica, Cabo Verde, Canadá, Chile, Coreia do Sul, Espanha, França, Grécia, Itália, Japão, Luxemburgo, Portugal e Quebec.

 

Visto permanente no Japão: novas regras. O Ministério da Justiça japonês decidiu que irá alterar as regras para se tornar um residente permanente no Japão, para apenas um ano de residência no país.

Estas regras entraram em vigor a partir do final de março de 2017.

As regras atuais exigem um mínimo de cinco anos de residência no Japão, por isso a alteração representará uma grande mudança para a política de imigração do país.

O Ministério iniciou o processo de comentário público sobre as novas regras em 17 de janeiro, e planeja implementá-las, através de portaria ministerial, até o final de março deste ano.

Leia mais...

Japão reduz para 10 anos aposentadoria por tempo de contribuição

O Parlamento Japonês aprovou uma reforma da lei na previdência social do país, na qual reduz o tempo mínimo de contribuição para aposentadoria, de 25 anos para 10 anos.

Aprovada no ano passado, a medida vale tanto para os trabalhadores que contribuem com o sistema de aposentadoria da empresa onde trabalha (kousei nenkin), como pelo sistema da prefeitura local (kokumin nenkin).

Leia mais...